Notícias > ViraVida
SESI muda a vida de jovens em situação de vulnerabilidade social

Alegria e superação marcaram a formatura de 88 jovens de Rosário, 67 km da capital, que consolidaram sua transformação de vida ao concluírem a formação no Programa ViraVida, voltado ao atendimento de adolescentes e jovens, entre 14 a 24 anos, que se encontram em situação de vulnerabilidade social (vítimas de exploração sexual, extrema pobreza, em condições precárias de moradia e saneamento, meios de subsistência inexistentes), na última sexta-feira (10), no auditório da FIEMA.

Criado pelo Conselho Nacional do SESI, o ViraVida é desenvolvido desde 2011 em São Luís e desde 2014 em Rosário (MA), pelo Serviço Social da Indústria (SESI), em parceria outras instituições do “Sistema S” (SENAI, SESC, SENAC e Sebrae). O programa tem o objetivo de incluir socialmente e produtivamente os jovens, com vistas a sua inserção no mundo do trabalho.

Durante seis meses, os jovens tiveram acesso à educação continuada, formação profissional, saúde, esporte e cultura, além de atendimento psicossocial, oferecidos pelo SESI-MA e parceiros no Estado, entre eles, o IFMA e o SENAC que qualificaram profissionalmente os alunos. O foco do programa está em elevar a autoestima, a escolaridade, restabelecer os vínculos familiares e a inserção sócio produtiva.

“Antes eu não tinha muita expectativa de futuro. Não sabia como era correr atrás dos sonhos e hoje sei que sou capaz de tornar meu sonho em realidade”, destacou a formanda Heida Carolina, 20, filha de um vigilante e a mãe dona de casa, que devido sua evolução no curso obteve uma bolsa para o programa Jovem aprendiz do SENAI, que faz aprendizagem no SESI que é a empresa empregadora.

O diretor regional do SESI e presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez, que presidiu a cerimônia de formatura, recebeu, no evento, Eliane Cruz de Pinho Martins, gerente de programas e projetos do Conselho Nacional do SESI, que representou o presidente do Conselho Nacional do SESI, João Henrique de Almeida Sousa.

Segundo Edilson Baldez, desde 2011, 560 jovens foram atendidos no Maranhão e 61% deles foram inseridos no mercado de trabalho. “Nosso muito obrigado a todos vocês por acatarem o nosso chamado e aceitarem participar desse programa tão importante para o SESI e para todo o Sistema FIEMA e Sistema S. Vale muito a pena abri esse universo de oportunidades para as pessoas”, destacou o presidente.

“O ViraVida não é apenas um programa, é uma tecnologia social de amplo impacto na vida desses jovens para um presente futuro melhor. É um esforço da equipe do SESI com apoio do presidente Edilson Baldez e do Conselho Nacional. Estamos muito felizes em formar mais essa turma e agradecemos a todos profissionais e aos parceiros envolvidos pelo trabalho realizado”, disse a superintendente do SESI-MA, Roseli Ramos.

Também estiveram presentes à formatura o superintendente da FIEMA, Albertino Leal, a coordenadora de Educação Profissional do SENAI, Schererazade Bastos, que representou o diretor regional do SENAI-MA, Marco Moura, o conselheiro do SENAI, Celso Gonçalo, a superintendente do SESI-MA, Roseli Ramos, o presidente do Sinduscon, Fábio Nahuz, a coordenadora de Educação do SESI-MA, Ivaneide Giacomini, a gerente do programa ViraVida Valéria Pereira,  representantes do poder público municipal de Rosário, Bacabeira e São Luís, além de entidades como o Senac, na pessoa do diretor José Airthon.

HISTÓRICO – O ViraVida é realizado no Maranhão desde 2011. Em 2016, 96 jovens em São Luís e 98 jovens na cidade de Rosário participam do programa. Na capital, a iniciativa funciona no anexo da Escola SESI Anna Adelaide Belo, localizada no bairro da Alemanha. Já em Rosário, as aulas são na Unidade Empreendedora de Vidas do SESI. São parceiros oficiais do ViraVida no Estado: o Sistema S – SESI, SENAI, Senac e Sebrae no Maranhão; ONGs, CREAS, CRAS, Conselhos Tutelares e toda a Rede de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente e Rede de Enfrentamento à Violência Sexual, além do poder público, como a Defensoria Pública Estadual, secretarias municipais e empresas públicas e privadas.

Fonte: Atos e Fatos -MA