Notícias > Notícias
Empresa Resource IT Solutions busca projetos tecnológicos destinados a ajudar cidades a prevenir e lidar com desastres
Edital de Inovação para a Indústria seleciona propostas com o tema cidades resilientes, que terão até R$ 150 mil em financiamento e apoio do SENAI. O Edital acaba de selecionar 48 ideias inovadoras para receber R$ 13,5 mi 

A chamada temática com o tema cidade resiliente é aberta para startups e micros e pequenas empresas

Cidade-760-x-450.jpg

Mudanças climáticas e crescimento desenfreado das populações são fatores que provocam desastres com fortes impactos no dia a dia das cidades. A tecnologia pode ajudá-las a se preparar para eventos dessa natureza ou adaptar-se a outros desafios típicos das metrópoles. Com o apoio do Edital de Inovação para a Indústria, a empresa Resource IT Solutions, companhia brasileira presente em cinco países, busca startups, micros e pequenas empresas que ofereçam soluções com o tema cidades resilientes. Serão selecionados até cinco projetos para receber financiamento individual de até R$ 150 mil. Os interessados já podem inscrever propostas no site do Edital de Inovação.

Iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (SESI), o Edital seleciona e financia projetos de inovação com o objetivo de aumentar a competitividade da indústria. A categoria C, chamada Empreendedorismo Industrial – Inovação na Cadeia de Valor, busca conectar indústrias de médio e grande portes a startups de base tecnológica, micros e pequenas empresas (MPE e MEI). Grandes empresas apresentam desafios e o Edital inicia a seleção das propostas de solução.

Os projetos selecionados na chamada lançada pela Resource IT Solutions serão desenvolvidos, durante 24 meses, em conjunto pelas equipes da empresa, da startup e dos Institutos SENAI de Inovação e de Tecnologia. Do valor financiado, R$ 50 mil poderão ser destinados a bolsas para funcionários indicados pela selecionada. As inscrições podem ser feitas até 11 de dezembro. As empresas Algar Telecom, Whirlpool, Cogel e Zen S.A já lançaram, este ano, desafios por meio do Edital de Inovação para a Indústria. Foram selecionados projetos em temas como cidades inteligentes, internet das coisas, segurança cibernética e tecnologias digitais para o setor automotivo.

“A inovação é fator crítico para que a indústria se torne mais competitiva. O Edital cumpre seu papel ao fomentar ideias inovadoras e ao conectar startups com desafios reais da indústria”, explica o gerente-executivo de Inovação e Tecnologia do SENAI, Marcelo Prim. “A conexão se desenvolve por meio de confiança, que é construída por meio dos projetos. Não é uma condição, é um processo. A iniciativa do SENAI e Sebrae é única nesse sentido.”

PROJETOS SELECIONADOS – Nesta semana, o Edital de Inovação para a Indústria anunciou a seleção de 48 projetos inscritos nas categorias A (Inovação Tecnológica para Grandes e Médias Empresas) e B (Inovação Tecnológica para Micro e Pequenas Empresas Industriais e Startups). Serão investidos R$ 13,5 milhões em propostas como o desenvolvimento de uma embalagem verde que utiliza resíduos da indústria calçadista; de uma linha de ativos para nutricosméticos funcionais com uso de nanotecnologia; a produção de fios têxteis com propriedades antibacterianas com restos da tosa de cães, entre outras. Veja a lista completa de projetos.

Foram apresentados 1.002 projetos neste segundo ciclo de seleções do Edital em 2017. Cada selecionado receberá até R$ 400 mil para ser desenvolvido. Entre as propostas aprovadas, 46% foram inscritas por micro ou pequenas empresas (MEI), 33% por startups, 13% por médias e 8% por grandes indústrias. O gerente nacional de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade do Sebrae, Célio Cabral, explica a importância da iniciativa: “Está na missão do Sebrae promover a competitividade dos pequenos negócios. E, para isso, associar-se a centros de conhecimento e de excelência em inovação do SENAI é uma excelente forma de gerar benefícios tangíveis para as empresas”, analisa.

Os projetos aprovados foram apresentados por empresas de 12 estados: Amazonas (1), Bahia (2), Goiás (5), Mato Grosso do Sul (1), Minas Gerais (5), Pará (1), Paraná (11), Rio de Janeiro (5), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (2) e São Paulo (12).

O Edital de Inovação para a Indústria já selecionou este ano, em duas etapas, 78 projetos nas categorias A e B. O terceiro ciclo de escolhidos será anunciado em 19 de fevereiro de 2018. Já as propostas selecionadas nas modalidades Inovação em Saúde e Segurança do Trabalho e Promoção da Saúde serão anunciadas nesta quinta-feira (16) e em 5 de fevereiro.

Criado em 2004, o Edital de Inovação para a Indústria é destinado a promover a cultura de inovação e aumentar a competitividade do setor industrial. Neste ano, projetos de inovação terão financiamento de R$ 53,6 milhões com custo individual de R$ 75 mil a R$ 400 mil. A seleção é feita com base em critérios como potencial de inovação e de comercialização do produto ou do processo.

Além do fomento, o SENAI e o SESI oferecem apoio na forma de infraestrutura para desenvolver os projetos selecionados. Os 25 Institutos de Inovação realizam pesquisa tecnológica e desenvolvem novos produtos e soluções diretamente com empresas de todos os portes. O SENAI conta ainda com 57 Institutos de Tecnologia com 1,2 mil especialistas que prestam serviços em áreas como metrologia, testes de qualidade, consultoria em processos produtivos específicos de diferentes setores, entre outros. Parcerias com Institutos de Ciência e Tecnologia, a maioria presentes em universidades públicas, também ajudam a concretizar as ideias selecionadas.

Da Agência CNI de Notícias