Notícias > Notícias
VÍDEO: Minuto da Indústria mostra que o segundo trimestre do setor foi pior do que o primeiro
Apesar do aumento do faturamento em junho, outros indicadores importantes tiveram queda

 

 

 

 

 

 

A indústria teve uma leve recuperação em junho, com o aumento do faturamento, mas o segundo trimestre foi pior do que o primeiro. O faturamento cresceu, porque com o fim da paralisação dos caminhoneiros, a produção da indústria voltou a escoar em junho. Emprego, rendimento e produção, por exemplo, são alguns dos indicadores que caíram no segundo trimestre.

O Minuto da Indústria mostra também que o Brasil precisa, pelo menos, dobrar os investimentos em infraestrutura para se tornar competitivo no cenário internacional, na avaliação da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O país investiu apenas 1,7 do PIB em infraestrutura em 2017.

A CNI sugere também que a Presidência da República tenha uma unidade permanente de infraestrutura para dar continuidade a projetos em andamento.

Outro destaque é a transformação do mercado de trabalho por causa da 4ª Revolução Industrial. Nos próximos 5 a 10 anos, a previsão é que surjam 30 novas profissões, de nível médio e superior. Estudo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI)mostra que as ocupações estão distribuídas em oito áreas, nos segmentos Automotivo; Alimentos e Bebidas; Máquinas e Ferramentas; Petróleo e gás; Têxtil e Vestuário; Química e Petroquímica; Tecnologias da Informação e Comunicação, e Construção Civil.

SAIBA MAIS – O Minuto da Indústria é uma produção da Agência CNI de Notíciasveiculado todas as sexta-feiras. O vídeo traz os principais assuntos que foram destaque na semana sobre a indústria brasileira e internacional. Acompanhe!