O Conselho

O Conselho Nacional, criado em 1 de Julho de 1946, é o órgão normativo superior do Serviço Social da Indústria (SESI) responsável por manter seu planejamento, fixação de diretrizes, coordenação e controle das atividades. Simultaneamente, exerce a função de inspecionar, fiscalizar e intervir, em caráter de correição, nas unidades regionais da instituição espalhadas pelo país.

Faz parte de suas atribuições, ainda, fixar diretrizes, coordenar ações, programas e metas da entidade, bem como aprovar e fiscalizar os orçamentos e suas respectivas execuções, além das prestações de contas do Departamento Nacional e dos Departamentos Regionais.

Missão

Contribuir nas decisões estratégicas institucionais do SESI, por meio do seu papel normatizador, deliberativo e de controle, promovendo a qualidade de vida do trabalhador da indústria e da comunidade e atuando como indutor de políticas sociais.

Visão

Ser reconhecido como formulador e indutor de iniciativas que promovam ambientes de trabalho seguros e saudáveis, desenvolvimento educacional, inclusão social, além de boas práticas de gestão no SESI.

Presidente

Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira nasceu em 03 de junho de 1947, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Graduou-se em engenharia, no ano de 1974, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Entrou como estagiário nas Empresas Petróleo Ipiranga em 1968. Foi responsável pela implantação e desenvolvimento das empresas da área química e petroquímica da Ipiranga. Integrou a administração desse grupo por quase 40 anos até a sua venda em março de 2007.

Foi membro dos Conselhos de Administração das Empresas Petróleo Ipiranga. Foi também membro do Conselho de Administração do Banco Sogeral S/A. (por ocasião de uma associação entre o Banque Société Genérale – Paris e a Boa Esperança S/A) e da SHV Brasil S/A.

É membro do Conselho de Administração da Boa Esperança SA.

Integrou o Conselho de Administração da Arcelor Brasil S/A, do Banco Nacional de Desenvolvimento – BNDES por quase 20 anos, o mais antigo na história do Banco, da Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A – NUCLEP e integrou a Junta de Administração do FINAME.

Foi Presidente da Associação Brasileira da Indústria Química – ABIQUIM.

Participou ativamente no processo de privatização das empresas petroquímicas brasileiras, localizadas no Rio Grande do Sul e São Paulo, bem como, através da Gouvêa Vieira Invest Ltda, das empresas de química inorgânica e princípios ativos, em Camaçari, Bahia.

Foi Presidente do Conselho Consultivo do Scotiabank Brasil.

Foi membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social (CDES), órgão consultivo da Presidência da República.

É presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – FIRJAN, desde 1995. À frente do Sistema Firjan, ocupa os cargos de presidente do CIRJ, do Conselho Regional do SENAI, e de Diretor regional do SESI.

É membro titular da Academia Nacional de Engenharia e do Conselho Diretor da Ação Comunitária do Brasil. É membro do Conselho Superior da FIOCRUZ e da PUC (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro).

Preside o Conselho Deliberativo da ONIP (Organização Nacional da Indústria do Petróleo), desde sua criação, em 31 de maio de 1999.

É Diretor da ACRJ (Associação Comercial do Rio de Janeiro).

É presidente da Comunitas e membro do Conselho Fiscal da AlfaSol, ambas organizações da sociedade civil, fundadas por Ruth Cardoso.

Fundador e presidente do Conselho de Administração da QGN – Carbonor (Grupo Church & Dwight).

É diretor presidente da Gouvêa Vieira Invest Ltda (ex Parnaso Empreendimentos e Participações Ltda).

Em maio de 2014 assumiu a presidência do Conselho Consultivo da SBM Offshore Brasil S/A, colaborando com sua nova administração internacional no reposicionamento e na estratégia empresarial do grupo no Brasil.

Presidente do Conselho de Administração da Greenpeople S/A – Indústria de Bebidas e Alimentos Saudáveis.

Membro da Ordem do Rio Branco no grau de oficial; Cavaleiro da Legião de Honra da França e Oficial da Ordem do Mérito do governo francês. Em maio de 2016, foi nomeado Presidente da Seção Brasileira de Legionários de Honra, que reúne cidadãos brasileiros condecorados com a Legião d’Honneur e Ordem Nacional do Mérito.

É Cônsul Honorário da Coreia do Sul no Rio de Janeiro.