Notícias > Notícias
Trabalhadores pedem apoio no combate a COVID

Os representantes dos trabalhadores da Indústria no Conselho Nacional do Sesi (SESI-CN) propuseram a criação de comitê para discutir ações de segurança e saúde nas empresas durante o período de pandemia no país. A ideia é que membros do governo, do setor empresarial e dos laborais acompanhem a execução das atividades essenciais em andamento e orientem a retomada daquelas suspensas por conta da COVID-19.

“Destaco as categorias da alimentação e do setor químico, que são fundamentais para o abastecimento desse momento de isolamento social. O setor mais grave é o de frigoríficos, que está trabalhando com 100% de sua capacidade. Temos, hoje, 20% dos trabalhadores contaminados ou já curados do coronavírus”, alertou o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Alimentação e Afins (CNTA), Artur Bueno de Camargo.

Artur Bueno citou a situação dos Estados Unidos e na Alemanha, onde frigoríficos foram fechados por terem se tornado foco de disseminação do vírus, gerando um déficit na comercialização de carne e o sacrifício forçado de animais.

Os membros do Conselho sugeriram, adicionalmente, a troca de experiências bem-sucedidas nos estados brasileiros no combate ao coronavírus.

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com