Notícias > Notícias
Profissionais do SESI avaliam capacitação em compliance

Oito instrutores dos Departamentos Regionais (DRs) do SESI dedicaram os últimos meses à capacitação de representantes dos Estados, do Distrito Federal, do Conselho Nacional do SESI (CN-SESI) e do Departamento Nacional em conceitos de compliance aplicados à Indústria. O resultado foi aprovado pela maioria absoluta dos participantes, que classificaram como “muito relevante”, “acima das expectativas” e “atual” o conteúdo compartilhado. Quanto à possibilidade de recomendação do curso a outros colaboradores, a avaliação positiva alcançou a nota média de 9.49, considerando a nota de zero a dez.

O resultado da pesquisa de satisfação, aplicada ao final da capacitação, foi apresentado, nesta segunda-feira (26), aos conselheiros, durante a 205º Reunião Ordinária do Conselho Nacional do SESI (CN-SESI).

No feedback aos instrutores, os profissionais dos DRs destacaram a oportunidade da realização de benchmarking, do compartilhamento de conteúdo de qualidade entre os estados e da flexibilidade na elaboração de projetos que sejam aderentes às diversas realidades do País.

“O grande propósito surgiu na Plenária, via Conselho Nacional. A proposta foi auxiliar os DRs para que tivessem um bom planejamento, implementação e revisão dos programas de compliance. Foi um momento muito rico em que a gente pôde não só compartilhar cases, mas fortalecer a Rede Colaborativa de Compliance do Sistema Indústria e fornecer subsídios para que os departamentos pudessem apresentar um plano de ação detalhado nesse sentido”, explica Luana Pagani, gerente de Integridade da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro  (FIRJAN), uma das instrutoras da capacitação.

A iniciativa foi coordenada pelo Conselho Nacional do SESI, em parceria com o Departamento Nacional. Foram realizados seis encontros virtuais e mentorias, com a participação de 61 profissionais, 30 instituições do Sistema SESI, Senai e CTIQT.  

“A adoção de programa de compliance se torna de suma importância a partir do momento que devemos caminhar junto ao íntegro da legislação, normas, processos e transparências. Creio que quando se implementa o compliance dentro do Regional, trazemos mais segurança à gestão e aos serviços prestados”, opinou o gestor do Controle Interno da Federação das Indústrias do Estado de Roraima (FIERO), Mateus Freire. “Em Roraima o assunto ainda não é tão tratado. Somos um estado pequeno, em desenvolvimento. Creio que temos um diferencial no que tange compliance e que seremos modelo às demais empresas que fizerem a implantação.”

Na Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS), o Programa foi implementado em outubro de 2020. Entretanto, Silvia Gonda, da Gerência de Compliance, reforça a possibilidade de melhorias na governança corporativa para gerar competitividade.

“Possuir Programa de Compliance é um diferencial. O Sistema FIEMS busca valorizar a preservação das suas atividades dentro de um contexto que seja efetivo contra a corrupção e preservação dos direitos fundamentais”, destaca Silvia. “Participar de curso é importante para que sempre estejamos atualizados e, um evento deste, realizado pelo Conselho Nacional, é de extrema relevância para troca de experiências e nivelamento dos programas no âmbito do Sistema Indústria.”

A partir da capacitação, 19 DRs apresentaram Termo de Abertura de Projeto (TAP) e três aplicaram os conhecimentos na melhoria de programas já instituídos.

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com